A Comunidade convivendo

A Comunidade convivendo
A Comunidade convivendo

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Homilia Diária.670: Sexta-feira da 28.ª Semana do Tempo Comum (I) - Por ...

Papa Francisco: a alegria da ressurreição


Papa durante a Audiência Geral. Foto: Daniel Ibáñez / ACI Prensa

Celina Borges (CD Quem é Você?) 04. Instrumento Teu ヅ

Quero ver a Glória - Thiago Brado | DVD PULSAR ao vivo

Leituras e reflexão do dia.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

O que são o sanguíneo e a teca?

Sanguíneo
Também um pano cumprido, porém retangular, que é usado durante o momento da Eucaristia para, caso seja necessário, limpar o cálice, a boca, os dedos e evitar que o sangue de Cristo caia no chão.
Teca

Depois da Eucaristia, durante a missa, pessoas preparadas levam a hóstia consagrada para que pessoas doentes possam comungar. O local onde as hóstias são levadas é chamado de Teca.

Confira a seguir a oração a São Pedro de Alcântara, padroeiro do Brasil.


Ó grande amante da Cruz e servo fiel do divino Crucificado, São Pedro de Alcântara; à vossa poderosa proteção foi confiada a nossa querida Pátria brasileira com todos os seus habitantes. Como Varão de admirável penitência e altíssima contemplação, alcançai aos vossos devotos estes dons tão necessários à salvação. Livrai o Brasil dos flagelos da peste, fome e guerra e de todo mal. Restituí à Terra de Santa Cruz a união da fé ...e o verdadeiro fervor nas práticas da religião.
De modo particular, vos recomendamos, excelso Padroeiro do Brasil, aqueles que nos foram dados por guias e mestres: os padres e religiosos. Implorai numerosas e boas vocações para o nosso país. Inspirai aos pais de família uma santa reverência a fim de educarem os filhos no temor de Deus não se negando a dar ao altar o filho que Nosso Senhor escolher para seu sagrado ministério.
Assisti, ó grande reformador da vida religiosa, aos sacerdotes e missionários nos múltiplos perigos de que esta vida está repleta. Concede-lhes a graça da perseverança na sublime vocação e na árdua tarefa que por vontade divina assumiram.
Lá dos céus onde triunfais, abençoai aos milhares de vossos protegidos e fazei-nos um dia cantar convosco a glória de Deus na bem-aventurança eterna. Assim seja! (ACI Digital)

Homilia Diária.669: Memória de São Pedro de Alcântara, Padroeiro do Brasil

Você sabia que o Brasil tem também como padroeiro São Pedro de Alcântara? Hoje é dia dele.

Nasceu em 1499, em Alcântara, na Espanha, e desde pequeno cultivou a oração. Entrou para a Ordem dos Franciscanos e se tornou exemplo de uma vida dedica à oração, ao jejum, ao desapego dos bens materiais e severo exercício de penitências e mortificações. Usava um hábito surrado e tinha poucas horas de sono por dia.
Entre seus amigos, encontram-se São Francisco de Borja e Santa Teresa D’...Ávila, de quem foi diretor espiritual e apoiou nas reformas da Ordem das Carmelitas.
Aos 63 anos, em 1562, morreu de joelhos, dizendo as palavras do Salmo 121: “Que alegria quando me vieram dizer: Vamos subir à casa do Senhor”.
Santa Teresa D’Ávilla disse que São Pedro de Alcântara apareceu para ela após sua morte e disse: “Felizes sofrimentos e penitência na terra, que me conseguiram tão grandes recompensas no céu”.
Durante sua vida, sendo um notável pregador, foi o confessor do Rei Dom João III, de Portugal, santo de devoção da Família Real.
Foi Dom Pedro I quem solicitou ao Papa que proclamasse São Pedro de Alcântara padroeiro do Brasil. E, assim foi feito, em 1826, pelo Papa Leão XII.

Celina Borges (CD Quem é Você?) 10. O Sol Vai Brilhar - Part. Pe. Fábio ...

Leituras e reflexão do dia.

5ª-feira da 28ª Semana do Tempo Comum

19 de Outubro de 2017
Cor: Verde

1ª Leitura - Rm 3,21-30

O homem é justificado pela fé,
sem a prática da Lei judaica.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 3,21-30
Irmãos:
21 Agora, sem depender do regime da Lei,
a justiça de Deus se manifestou,
atestada pela Lei e pelos Profetas;
22 justiça de Deus essa, que se realiza
mediante a fé em Jesus Cristo,
para todos os que têm a fé.
Pois diante desta justiça nóo há distinção:
23 todos pecaram e estão privados da glória de Deus,
24 e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça,
em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo.
25 Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue,
instrumento de expiação mediante a realidade da fé.
Assim Deus mostrou sua justiça
em ter deixado sem castigo os pecados cometidos outrora,
26 no tempo de sua tolerância.
Assim ainda ele demonstra sua justiça no tempo presente,
para ser ele mesmo justo,
e tornar justo aquele que vive a partir da fé em Jesus.
27 Onde estaria, então, o direito de alguém se gloriar?
- Foi excluído.
Por qual lei? Pela lei das obras?
- Absolutamente não,
mas, sim, pela lei da fé.
28 Com efeito, julgamos que o homem é justificado pela fé,
sem a prática da Lei judaica.
29 Acaso Deus é só dos judeus?
Não é também Deus dos pagãos?
Sim, é também Deus dos pagãos.
30 Pois Deus é um só.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 129,1-2. 3-4. 5-6 (R. 7)

R. No Senhor se encontra toda graça
e copiosa redenção!

1 Das profundezas eu clamo a vós, Senhor,*
2 escutai a minha voz!
Vossos ouvidos estejam bem atentos*
ao clamor da minha prece! R.

3 Se levardes em conta nossas faltas, *
quem haverá de subsistir?
4 Mas em vós se encontra o perdóo, *
eu vos temo e em vós espero. R.

5 No Senhor ponho a minha esperança, *
espero em sua palavra.
6 A minh'alma espera no Senhor *
mais que o vigia pela aurora. R.

Evangelho - Lc 11,47-54

Peçam contas do sangue de todos os profetas,
desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,47-54 Naquele tempo, disse Jesus:
47 Ai de vós, porque construís os túmulos dos profetas;
no entanto, foram vossos pais que os mataram.
48 Com isso, vós sois testemunhas
e aprovais as obras de vossos pais,
pois eles mataram os profetas e vós construís os túmulos.
49 É por isso que a sabedoria de Deus afirmou:
'Eu lhes enviarei profetas e apóstolos,
e eles matarão e perseguirão alguns deles,
50 a fim de que se peçam contas a esta geração
do sangue de todos os profetas,
derramado desde a criação do mundo,
51 desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias,
que foi morto entre o altar e o santuário.
Sim, eu vos digo: serão pedidas contas disso a esta geração.
52 Ai de vós, mestres da Lei,
porque tomastes a chave da ciência.
Vós mesmos não entrastes,
e ainda impedistes os que queriam entrar.'
53 Quando Jesus saiu daí,
os mestres da Lei e os fariseus começaram a tratá-lo mal,
e a provocá-lo sobre muitos pontos.
54 Armavam ciladas, para pegá-lo de surpresa,
por qualquer palavra que saísse de sua boca.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Lc 11, 47-54

A sociedade humana é a sociedade da morte e procura destruir todas as iniciativas que promovem a verdadeira vida. Como o Reino de Deus é o Reino da Vida, ele sofre perseguições e rejeição por parte do mundo. O mundo odeia tudo o que está relacionado com a vida e nega seus valores, trata mal quem age assim, provoca quem procura viver retamente, arma ciladas para pegá-los de surpresa. Mas todo aquele que de fato é do Reino de Deus enfrenta todas essas dificuldades e luta pela vida, sabendo que Deus é o seu grande parceiro nesta luta e que a vida triunfará sobre o pecado e a morte.


Fonte: CNBB

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Homilia Diária.668: Festa de São Lucas, Evangelista

São Lucas, cuja festa hoje celebramos, tem um papel importantíssimo na história da Igreja. Além de companheiro e secretário de São Paulo em suas viagens missionárias, Lucas é também o autor dos Atos dos Apóstolos e do terceiro Evangelho. Com sua inteligência penetrante e espírito de médico, ele nos conta a vida de Cristo, não à base de simples tradições, mas à luz do testemunho direto de pessoas que viram e ouviram a Palavra encarnada de Deus. Entre essas testemunhas, conta-se ninguém menos do que a própria Mãe do Salvador, que guardou com diligências todas as coisas que se passaram com seu Filho. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta quarta-feira, dia 18 de outubro, e peçamos a São Lucas a graça de sermos, como bons devotos de Nossa Senhora, almas apostólicas e sedentas de Deus!

 
11 de Outubro de 2017 
 
 
Redação (Quarta-feira, 11-10-2017, Gaudium Press) Reconhecendo o poder da oração, especialmente aquela que vem das crianças, no próximo dia 18 de outubro ocorrerá a iniciativa "Um milhão de crianças rezam o Rosário", promovida pela Fundação Pontifícia 'Ayuda a la Iglesia Necesitada' (AIN). A proposta, inspirada nas palavras proféticas que uma vez pronunciou São Pio de Pietrelcina: "Quando um milhão de crianças rezarem o Rosário, o mundo mudará", tem por objetivo elevar uma oração pela paz do mundo.
Um milhão de crianças ao redor do mundo se unirão para rezar o Santo Rosário.jpg
"O grande poder que reside na oração de um coração infantil fica demonstrado pelo fato de que Deus mesmo escolheu em Fátima três crianças para revelar-nos os meios espirituais com os quais teríamos podido nos proteger do poder satânico do comunismo ateu ou impedir a Segunda Guerra Mundial. Por desgraça, os 'adultos' não levaram suficientemente à sério esta mensagem e, como consequência, milhões de pessoas morreram", diz a carta da Fundação Pontifícia AIN, assinada pelo seu Presidente, o Cardeal Mauro Piacenza; e Assistente Eclesiástico, Padre Martín M. Barta.
De acordo com a Fundação Pontifícia, hoje o mundo enfrenta situações parecidas e a paz está em risco em vários níveis. Por esta razão -segue a mensagem- "os homens necessitamos da ajuda e proteção da Mãe de Deus que esmaga a cabeça da serpente".
Este ano haverá um pedido especial: "Iremos oferecer esta campanha de oração pelas crianças da Síria, vítimas inocentes de uma guerra interminável", como se destaca no website millionkidspraying.org.
Oração que faz eco da mensagem que dirigiram os patriarcas católicos e ortodoxos da Síria em junho de 2016 ao celebrar-se o Dia da Criança: "As crianças da Síria, nossa pátria, são os irmãos e irmãs pequenos do Menino Jesus doente, aos quais, há mais de cinco anos, esta cruel guerra vem lastimando, traumatizando e matando. Muitos perderam aos seus pais e a tudo o que lhes importava. Inumeráveis deles nasceram com a guerra já começada e não sabem o que é paz. Suas lágrimas e seu sofrimento clamam ao céu (...) A Ele, a Cristo, Rei do Universo, que como criança delicada sujeita o orbe em sua mão a partir dos braços de sua mãe, lhe rogamos que abençoe as crianças sírias. A Ele, o único que pode trazer-nos a paz, lhe imploramos: 'Protege e salva as crianças deste país! Escuta nossas orações! Não vaciles mais em devolver a paz ao nosso país! Olhe as lágrimas das crianças, seca as lágrimas das mães e faz que os lamentos cheguem ao seu fim'".
Para guiar esse momento de oração, se dispôs no website da iniciativa um folheto informativo no qual se explica o modo de rezar, e se expõem por cada mistério do Santo Rosário uma intenção especial, incluindo, ainda, a Consagração das Crianças à Mãe de Deus.
"Um milhão de crianças rezam o Rosário" é uma iniciativa que nasceu em 2005 com um grupo de mulheres em Caracas, Venezuela, que reconheceram o poder que tem a oração que é pronunciada pelas crianças. A Fundação Pontifícia AIN fez sua esta proposta e há alguns anos anima a iniciativa ao redor do mundo. (EPC)

Maria e a Trindade


Nosso Deus se revela como o Pai criador, o Filho encarnado e o Espírito que dá vida e nos santifica. 

Quando proclamamos “Maria, mãe de Deus”, conforme o dogma, afirmamos que ela é a mãe do Filho de Deus encarnado. A pessoa inteira de Jesus Cristo, humano e divino. Ela não se torna uma deusa, nem é adicionada da Trindade. Como Deus-Comunidade se entrega a nós através de Jesus e do seu Espírito,  a maternidade de Maria toca cada pessoa divina.

Em relação a Deus-Pai, Maria é uma filha predileta, escolhida por Ele. Alguém agraciada com ternura pelo Criador, que a moldou com especial carinho. Ao mesmo tempo, Maria realiza, de forma humana, a eterna geração que o Pai realiza com o Filho, no seio da Trindade. Como toda mãe, ela é figura humana do amor criador de Deus.
Em relação ao Filho de Deus encarnado, Maria é mãe, educadora, discípula e companheira. Seu relacionamento com Jesus foi além dos laços de família. Esteve junto de Jesus durante a vida terrena, e agora, glorificada, continua pertinho do Filho ressuscitado, o Nosso Senhor.

Em relação ao Espírito Santo, Maria é a pessoa contemplada, ungida, transparente. Tornou-se um templo vivo de Deus. Os frutos do Espírito possibilitaram que ela se transformasse, por Graça de Deus, na mãe do messias e mãe da comunidade. Maria  participa de Pentecostes (At 1,13s e 2,1). O Espírito, derramado sobre a comunidade cristã, se torna o fogo que nos aquece e ilumina no seguimento a Jesus.

Missa na guerra


Reze em público.


14. Impossivel não te amar - Flavinho

Leituras e reflexão do dia. Dia de São Lucas, evangelista.

São Lucas, Evangelista . Festa

18 de Outubro de 2017
Cor: Vermelho

1ª Leitura - 2Tm 4,10-17b

Só Lucas está comigo.

Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo 4,10-17b
Caríssimo:
10 Demas me abandonou por amor deste mundo,
e foi para Tessalônica.
Crescente foi para a Galácia,
Tito para a Dalmácia.
11 Só Lucas está comigo.
Toma contigo Marcos e traze-o,
porque me é útil para o ministério.
12 Mandei Tíquico a Éfeso.
13 Quando vieres, traze contigo a capa
que deixei em Trôade, em casa de Carpo,
e os livros, principalmente os pergaminhos.
14 Alexandre, o ferreiro, tem-me causado muito dano;
o Senhor lhe pagará segundo as suas obras!
15 Evita-o também tu,
pois ele fez forte oposição às nossas palavras.
16 Na minha primeira defesa, ninguém me assistiu;
todos me abandonaram.
Oxalá que não lhes seja levado em conta.
17 Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças,
ele fez com que a mensagem
fosse anunciada por mim integralmente,
e ouvida por todas as nações.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 144(145),10-11,12-13ab,17-18 (R. 12a)

R. Â Senhor, vossos amigos anunciem vosso Reino glorioso!
10 Que vossas obras, ó Senhor, vos glorifiquem, *
e os vossos santos com louvores vos bendigam!
11 Narrem a glória e o esplendor do vosso reino *
e saibam proclamar vosso poder! R.

12 Para espalhar vossos prodígios entre os homens *
e o fulgor de vosso reino esplendoroso.
13a O vosso reino é um reino para sempre, *
13bvosso poder, de geração em geração. R.

17 É justo o Senhor em seus caminhos, *
é santo em toda obra que ele faz.
18 Ele está perto da pessoa que o invoca, *
de todo aquele que o invoca lealmente. R.

Evangelho - Lc 10,1-9

A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 10,1-9
Naquele tempo:
1 O Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos
e os enviou dois a dois, na sua frente,
a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir.
2 E dizia-lhes:
"A messe é grande,
mas os trabalhadores são poucos.
Por isso, pedi ao dono da messe
que mande trabalhadores para a colheita.
3 Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos.
4 Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias,
e não cumprimenteis ninguém pelo caminho!
5 Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro:
`A paz esteja nesta casa!'
6 Se ali morar um amigo da paz,
a vossa paz repousará sobre ele;
se não, ela voltará para vós.
7 Permanecei naquela mesma casa,
comei e bebei do que tiverem,
porque o trabalhador merece o seu salário.
Não passeis de casa em casa.
8 Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos,
comei do que vos servirem,
9 curai os doentes que nela houver
e dizei ao povo:
`O Reino de Deus está próximo de vós'".
Palavra da Salvação.

Reflexão - Lc 10, 1-9

O Evangelho de hoje, reconhecidamente vocacional, nos traz frases chaves, que são essenciais para que a nossa missão tenha êxito: “pedi ao dono da messe”, ou seja, a prática da oração; “eis que vos envio”, porque agimos em nome de Jesus e na sua obra; “não leveis bolsa...” porque os valores materiais não dão garantia do sucesso do trabalho evangelizador; “dizei primeiro: ‘a paz...’”, porque devemos ser anunciadores do Evangelho da paz; “permanecei”, pois se não há comunhão, não pode haver evangelização; “curai os doentes”, ou seja, entregue-se à prática libertadora para que haja vida em abundância; “e dizei ao povo”, para que a Palavra seja anunciada, mas o anúncio seja acompanhado da prática evangélica.



Fonte: CNBB

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Hoje é celebrado Santo Inácio de Antioquia, o primeiro a chamar a Igreja de “Católica”

17/10/2017 - 04:00 am .-ACI  “Onde está Jesus Cristo, aí está a Igreja Católica”, escreveu Santo Inácio de Antioquia, atribuindo pela primeira vez o adjetivo Católica (Universal) à Igreja. Sua festa é celebrada neste dia 17 de outubro desde o séc. IV.

Supermercado apaga cruzes de uma igreja em anúncio para não ofender muçulmanos


17/10/2017 - 08:00 am .- A rede de supermercados Lidl, de origem alemã, causou controvérsia na Europa por apagar as cruzes de uma igreja italiana para não ferir a sensibilidade dos habitantes muçulmanos, na localidade de Camporosso.

Com fogo e pedras, feministas atacam Catedral Católica na Argentina

17/10/2017 - 10:00 am .ACI - Em sua segunda marcha durante o 32º Encontro Nacional de Mulheres, violentas feministas atacaram a Catedral da cidade de Resistencia, na Argentina, na noite de 15 de outubro, com fogueiras, tintas e pedras.

Santuário de Fátima disponibiliza 50 mil euros para atingidos por incêndios


Homilia Diária.667: 3.ª-feira da 28.ª Semana Comum (I) - A ética, sem am...

Frei Gilson/Paixão de Cristo - Redenção

Não dá mais pra voltar - Eliana Ribeiro, Eugenio Jorge e Coral Canção Nova

Leituras e reflexão do dia.

3ª-feira da 28ª Semana do Tempo Comum

17 de Outubro de 2017
Sto. Inácio de Antioquia BMt, memória
Cor: Vermelho

1ª Leitura - Rm 1,16-25

Tendo os homens conhecido a Deus,
nóo o glorificaram como Deus.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 1,16-25
Irmóos:
16 Eu não me envergonho do Evangelho,
pois ele é uma força salvadora de Deus
para todo aquele que crê,
primeiro para o judeu,
mas também para o grego.
17 Nele, com efeito, a justiça de Deus se revela
da fé para a fé, como está escrito:
O justo viverá pela fé.
18 Por outro lado, a ira de Deus se revela, do alto do céu,
contra toda a impiedade e iniqüidade dos homens
que em sua iniqüidade oprimem a verdade.
19 Pois o que de Deus se pode conhecer é manifesto aos homens:
Deus mesmo lho manifestou.
20 Suas perfeições invisíveis,
como o seu poder eterno e sua natureza divina,
sóo claramente conhecidas através de suas obras,
desde a criação do mundo.
Assim, eles não têm desculpa
21 por não ter dado glória
e ação de graças a Deus como se deve,
embora o tenham conhecido.
Pelo contrário, enfatuaram-se em suas especulações,
e seu coração insensato se obscureceu:
22 alardeando sabedoria, tornaram-se ignorantes
23 e trocaram a glória do Deus incorruptível
por uma figura ou imagem de seres corruptíveis:
homens, pássaros, quadrúpedes, répteis.
24 Por isso, Deus os entregou
com as paixões de seus coraçðes a tal impureza,
que eles mesmos desonram seus próprios corpos.
25 Trocaram a verdade de Deus pela mentira,
adorando e servindo a criatura em lugar do Criador,
que é bendito para sempre. - Amém.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 18 (19),2-3. 4-5 (R. 2a)

R. Os céus proclamam a glória do Senhor!

2 Os céus proclamam a glória do Senhor, *
e o firmamento, a obra de suas móos;
3 o dia ao dia transmite esta mensagem, *
a noite à noite publica esta notícia. R.

4 Não são discursos nem frases ou palavras, *
nem são vozes que possam ser ouvidas;
5 seu som ressoa e se espalha em toda a terra, *
chega aos confins do universo a sua voz. R.

Evangelho - Lc 11,37-41

Dai esmola do que vós possuís
e tudo ficará puro para vós. + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,37-41 Naquele tempo:
37 Enquanto Jesus falava,
um fariseu convidou-o para jantar com ele.
Jesus entrou e pôs-se à mesa.
38 O fariseu ficou admirado
ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos
antes da refeição.
39 O Senhor disse ao fariseu:
'Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora,
mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades.
40 Insensatos! Aquele que fez o exterior
não fez também o interior?
41 Antes, dai esmola do que vós possuís
e tudo ficará puro para vós.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Lc 11, 37-41

O Evangelho que nos é proposto para a reflexão a partir da liturgia de hoje é altamente questionador no que diz respeito à nossa fé e à nossa vivência religiosa. Para quem crê verdadeiramente, o importante não é a prática exterior, pois esta prática só encontra seu verdadeiro sentido quando é uma expressão do que realmente se crê e se vive, caso contrário, caímos na insensatez: celebramos o que não vivemos nem construímos, e revelamos valores que não são nossos, nem são importantes para nós. O Evangelho de hoje exige de nós coerência entre o que celebramos e o que vivemos, para que as nossas celebrações não sejam ritos vazios e estéreis, mas espírito e verdade.


Fonte: CNBB

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Homilia Diária.666: Segunda-feira da 28.ª Semana do Tempo Comum (I) - Je...

Homilia Diária.666: Segunda-feira da 28.ª Semana do Tempo Comum (I) - Je...

Leituras e reflexão do dia.

2ª-feira da 28ª Semana do Tempo Comum

16 de Outubro de 2017
Cor: Verde

2ª Leitura - Rm 1,1-7

Jesus Cristo, descendente
de Davi, filho de Deus.


Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 1,1-7

1 Eu, Paulo, servo de Jesus Cristo, apóstolo por vocação,
escolhido para o Evangelho de Deus,
2 Esse Evangelho, que Deus havia prometido,
por meio de seus profetas, nas Sagradas Escrituras,
3 e que diz respeito a seu Filho,
descendente de Davi segundo a carne,
4 autenticado como Filho de Deus com poder,
pelo Espírito de Santidade que o ressuscitou
dos mortos, Jesus Cristo, Nosso senhor.
5 É por Ele que recebemos a graça da vocação
para o apostolado,
a fim de podermos trazer à obediência da fé
todos os povos pagãos,
para a glória de seu nome.
6 Entre esses povos estais também vós,
chamados a ser discípulos de Jesus Cristo.
7 A vós todos que morais em Roma,
amados de Deus e santos por vocação,
graça e paz da parte de Deus, nosso Pai,
e de nosso Senhor, Jesus Cristo.
Palavra do Senhor.

Não tenhais medo.



Papa Francisco: Ideologia de gênero procura apagar diferenças entre homem e mulher

Por Álvaro de Juana


Papa durante o seu encontro. Foto: L'Osservatore Romano

Celina Borges (CD Quem é Você?) 13. Tudo Posso ヅ

domingo, 15 de outubro de 2017

As quinze promessas do Rosário

1. A quem me sirva, rezando diariamente meu Rosário, receberá qualquer graça que me peça.
2. Prometo minha especialíssima proteção e grandes benefícios a os que devotamente rezarem meu Rosário.
3. O Rosário será um fortíssimo escudo de defensa contra o inferno, destruirá os vícios, livrará dos pecados e exterminará as heresias.
4. O Rosário fará germinar as virtude este também fará que seus devotos obtenham tudo da misericórdia divina; substituirá no Coração dos homens o amor do mundo pelo amor por Deus e os elevará a desejar as coisas celestiais e eternas. Quantas almas por este meio se santificarão!
5. A alma que se encomende pelo Rosário não perecerá.
6. Aquele que com devoção rezar meu Rosário, considerando os mistérios, não se verá oprimido pela desgraça, nem morrerá morte desgraçada; se converterá, se é pecador; perseverará nas graças, se é justo, e em todo caso será admitido na vida eterna.
7. Os verdadeiros devotos de meu Rosário não morrerão sem auxílios da Igreja.
8. Quero que todos os devotos de meu Rosário tenha em vida e em morte a luz e a plenitude da graça, e sejam participantes dos méritos dos bem-aventurados.
9. Livrarei de pronto do purgatório as almas devotas do Rosário.
10. Os Filhos verdadeiros de meu Rosário desfrutarão no Céu uma Glória singular.
11. Todo o que se pedir por meio do Rosário se alcançará prontamente.
12. Socorrerei em todas as suas necessidades aos que propaguem meu Rosário.
13. Todos os que rezarem o Rosário terão por irmãos na vida e na morte a os bem-aventurados do Céu.
14. Os que rezam meu Rosário são todos filhos meus muito amados e irmãos de meu Unigênito Jesus.
15. A devoção ao Santo Rosário é um sinal de predestinação a Glória.

A mensagem de Fátima nos impele | Pregação Pe. Paulo Ricardo #09

O que os apelos de Nossa Senhora em Portugal têm a ver conosco? Se três pobres crianças puderam salvar, com suas orações e pequenas penitências, milhares e milhares de almas, o que nós estamos esperando?

Qual o Sentido da Liturgia?

Papa canoniza primeiros mártires do Brasil

A Igreja tem 35 novos Santos, e entre eles, 30 brasileiros. Em cerimônia presidida pelo Papa Francisco na manhã deste domingo (15/10) na Praça São Pedro, foram canonizados os mártires de Cunhaú e Uruaçu, os Protomártires do México – considerados os primeiros mártires do continente americano -, além do sacerdote espanhol Faustino Míguez, fundador do Instituto Calasanzio, Filhas da Divina Pastora, e do Frade Menor Capuchinho italiano Angelo d’Acri.

Homilia 15/10/17 | Pe. Paulo Ricardo - O BANQUETE NUPCIAL DO CORDEIRO

Após cinco roubos em sua paróquia, sacerdote deixou uma mensagem peculiar a ladrões


Teu espírito que é santo

Leituras do Domingo.

28º Domingo do Tempo Comum

15 de Outubro de 2017
Cor: Verde

1ª Leitura - Is 25, 6-10a

O Senhor dará um banquete e enxugará
as lágrimas de todas as faces.
leitura do Livro do Profeta Isaías 25, 6-10a
6 O Senhor dos exércitos dará
neste monte, para todos os povos,
um banquete de ricas iguarias, regado com vinho puro,
servido de pratos deliciosos e dos mais finos vinhos.
7 Ele removerá, neste monte,
a ponta da cadeia que ligava todos os povos,
a teia em que tinha envolvido todas as nações.
8 O Senhor Deus eliminará para sempre a morte
e enxugará as lágrimas de todas as faces
e acabará com a desonra do seu povo em toda a terra,
o Senhor o disse.
9 Naquele dia, se dirá: 'Este é o nosso Deus,
esperamos nele, até que nos salvou;
este é o Senhor, nele temos confiado:
vamos alegrar-nos e exultar por nos ter salvo'.
10a E a mão do Senhor repousará sobre este monte.
Palavra do Senhor.

sábado, 14 de outubro de 2017

Homilia Diária.665: Sábado da 27.ª Semana do Tempo Comum (I) - A felicid...

A Semana de Francisco - 36

Vem e Reconstrói // O Cordeiro, o Leão e o Trono - Parte 2

Você conhece o seminarista João Vitor?

video

Comer a Ceia do Senhor!


Frei Alberto Beckhäuser, OFM
Duas vezes ocorre a expressão “comer a ceia do Senhor” no documento conciliar sobre a Sagrada Liturgia, a Constituição Sacrosanctum Concilium. A primeira vez é no Art. 6, ao dizer que a Obra de Cristo continua na Igreja e se coroa em sua Liturgia: “Da mesma forma, toda vez que comem a ceia do Senhor, anunciam-lhe a morte até que venha”. A segunda, encontra-se no Art. 10 que trata da liturgia como cume para o qual tende a ação da Igreja e fonte donde emana toda a sua força: “Pois os trabalhos apostólicos se ordenam a isso: que todos, feitos pela fé e pelo Batismo filhos de Deus, juntos se reúnam, louvem a Deus no meio da Igreja, participem do sacrifício e comam a ceia do Senhor”.
A Missa como memorial do mistério pascal realiza-se em forma de ceia, chamada também “banquete pascal, em que Cristo nos é comunicado em alimento, o espírito é repleto de graça e nos é dado o penhor da futura glória” (cf. SC 47).
A ceia se realiza em torno da mesa, com comida e bebida preparadas para a ocasião como Jesus fez com os discípulos na última Ceia. No rito da Missa, temos o momento da preparação da Mesa do Senhor e a participação da Mesa do Senhor, onde o próprio Cristo é alimento e bebida, seu Corpo e Sangue. A Missa somente será plena quando os fiéis comem e bebem a Ceia do Senhor, quando comem o Corpo do Senhor e bebem do seu Sangue, do pão e do vinho eucaristizados na mesma Missa celebrada.

Deus Te Ama Demais - Thiago Brado | DVD PULSAR ao vivo

Leituras e reflexão do dia.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A devoção de Francisco a Nossa Senhora Aparecida

Homilia Diária.664: O milagre do Sol (13 de outubro, 6.ª Aparição de Fát...

Há exatamente cem anos, cerca de 70 mil pessoas presenciavam na Cova da Iria um dos maiores acontecimentos sobrenaturais com que nos últimos séculos Deus vem chamando a atenção da humanidade. O milagre do Sol, acompanhado pela cura de inúmeros doentes, entre cegos e paralíticos, foi uma manifestação do terníssimo amor de mãe que nos tem a Virgem Maria. Ela é, pois, aquela Mulher vestida de Sol a que se refere o Apocalipse e o nosso general na ingente batalha espiritual contra Satanás e seus demônios em que nos devemos engajar, como soldados de Cristo com o Terço em mãos e o olhar voltado para a eternidade. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta sexta-feira, dia 13 de outubro, e lucremos a indulgência plenária que hoje nos concede a Santa Madre Igreja!

Projeções de fé: o que você faria por amor?

O que você faria por amor?

Reprodução
Confira uma análise espiritual do filme "A boa mentira"
Sinopse: Três homens sudaneses, Mamere (Arnold Oceng), Jeremiah (Ger Duany) e Paul (Emmanuel Jal), têm a oportunidade de sair do país e conseguir uma vida melhor nos Estados Unidos. Eles são acolhidos por uma assistente social, Carrie Davis (Reese Witherspoon), que pouco conhece sobre o duro passado de cada um. Ela é uma mulher solteira, bem resolvida e muito prática, o que parece estranhíssimo para eles. Aos poucos, tornam-se amigos e descobrem uma nova visão de mundo.
A primeira meia hora do filme traz todo o drama de sobrevivência dos irmãos, que passam fome e perseguições, enquanto tentam fugir da guerra civil no Sudão e ir para o campo de refugiados mais próximo. Alguns podem achar um pouco monótono ou cansativo, mas são cenas essenciais para que se possa compreender a vida e os valores de cada um dos personagens.
Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos”, disse Jesus aos seus discípulos logo após exortar que devemos amar uns aos outros assim como Ele nos ama. Poderíamos, então, dizer que esta é a mensagem central do filme: o amor. Amor este que se manifesta de diversas formas, e está longe de ser um mero sentimento, pois é decisão, concreto em atos e palavras.
A partir da vivência em uma realidade marcada pelos conflitos e guerras, os “meninos perdidos do Sudão”, como são conhecidos, tendem a entender de forma encarnada o que é solidariedade e compaixão, afinal, precisam lidar a cada dia com as dores e as perdas. Por isso, o filme traz muito esta dimensão do cuidado que se tem com o outro, a atenção, respeito e um olhar sobre a necessidade, tanto dos mais próximos quanto daqueles que eles sequer conhecem.
Tendo a oportunidade de imigrarem para os Estados Unidos, passam a ter uma nova vida e conhecem valores e conceitos novos de sociedade, algo que lhes era incomum em sua terra natal, e o belo é notar a inocência de seus corações e o sincero desejo de não se deixar levar muitas vezes pelo pensamento consumista, egoísta e individualista, mas ser testemunho deste amor concreto para com os outros.
Não há como pensar em amizade sem imaginar o sacrifício, pois como diz Santa Teresa de Calcutá, “amor, para ser verdadeiro, tem de doer”, por isso, no filme, podemos ver a união deles em tudo. Os meninos, de perdidos que estavam, se encontraram no amor.
Mas talvez você esteja se pensando se, analisado sob uma ótica cristã, não seria um paradoxo um filme chamado “A boa mentira” trazer valores tão importantes como o amor. Não queremos aqui dar detalhes sobre o fato em si, pois seria um grande spoiler do filme, mas ressaltar que, independente de qual seja, ainda que não prejudique ninguém ou até mesmo ajude, nunca é “boa”. É o que nos ensina a Santa Igreja e a moral cristã, pregada pelo próprio Cristo. No caso do filme, entendemos que faz parte da dinâmica ficcional, daquelas cenas de grande impacto.
No mais, é um filme com ótima produção, boas atuações e uma bela história.
Ficha técnica:
Gênero: Drama
Direção: Philippe Falardeau
Roteiro: Margaret Nagle
Elenco: Arnold Oceng, Corey Stoll, Emmanuel Jal, Ger Duany, Kuoth Wiel, Reese Witherspoon
Produção: Brian Grazer
Duração: 110 min.
Ano: 2014
País: Estados Unidos